Central do Aluno | (11) 3836-7369

Nossos Professores apresentaram suas práticas letivas no 10° Congresso ICLOC

O ICLOC é um importante Congresso de Práticas Educacionais realizado anualmente em São Paulo e organizado por algumas das mais importantes instituições de ensino do país.

O encontro deste ano aconteceu no dia 26 de maio no Colégio Presbiteriano Mackenzie e contou com uma audiência de mais de 5 mil educadores. O Colégio Madre Paula Montalt, como uma das escolas participantes do evento, foi representado por seus professores.

Nossa equipe foi responsável pela apresentação de seis trabalhos, expondo práticas que envolvem o ensino e aprendizagem em diferentes áreas curriculares.

Aproveitamos para parabenizar toda a Equipe Madre Paula por assumir o compromisso de exercer sua palavra e contribuir para a melhoria da educação.

Parabenizamos também as instituições parceiras, que se uniram para a organização do ICLOC e assim permitiram a realização de um evento de tamanha relevância no cenário educacional.

Saiba mais sobre os projetos apresentados:

 

1 – Crianças pequenas como grandes protagonistas de suas descobertas e sensações

Por: Professora Lygia P Padula Vianna e Professora Milena Moura Costa Rosa

Nesse projeto, mostramos que as criancas, devem ser estimuladas à aprendizagem com diferentes experimentos e sensações. E focamos neles próprios como os protagonistas de suas descobertas.

 

2 – As contribuições da ludicidade no ensino da matemática

Por: Professora Mariana da Costa Battani Jaccoud, Professora Mirian Meneghini de Oliveira Gomes e Professora Patricia Federighi Badari

Este projeto visa à aprendizagem por meio de atividades lúdicas que têm como objetivo o desenvolvimento intelectual dos alunos de maneira prazerosa; executar procedimento de acordo com instruções; reconhecer a multiplicação como a operação que permite calcular soma de parcelas iguais; interpretar o enunciado em jogos confeccionados pelos alunos e calcular o resultado da multiplicação dos números de 0 a 10 por 2,3,4 e 5.Promovendo a interação entre as crianças, nos pretendíamos enriquecer, facilitar e tornar as aprendizagens mais significativas. Partindo da observação dos alunos do 2° ano do Ensino Fundamental I, que demonstraram em alguns momentos dificuldade na compreensão do funcionamento da tabuada, o trabalho com as brincadeiras tornou-se uma ótima opção para o desenvolvimento do projeto. Os objetivos foram alcançados e o uso dessa metodologia com o intuito de fixar os conteúdos matemáticos foi positivo para o grupo.

 

3 – As contribuições da ludicidade no ensino da matemática

Por: Professor João Paulo Bense

Este projeto procurou explorar as múltiplas possibilidades de leitura da obra “O círculo de giz caucasiano”, de Bertold Brecht; usar a linguagem corporal como relevante para a própria vida, integradora social e formadora da identidade; pensar a arte como saber cultural e estético gerador de significação e integradora da organização do mundo e da própria identidade; analisar, interpretar e aplicar recursos expressivos das linguagens, relacionando textos com seus contextos e de acordo com as condições de produção e recepção; confrontar opiniões e pontos de vista sobre as diferentes linguagens e suas manifestações específicas. O contato com o texto proporcionou que os alunos atualizassem o cenário da União Soviética em fins da 2ª Guerra Mundial para os problemas encontrados hoje no país: a questão da terra e o conceito de família contemporânea.

 

4 – Desvendando os gêneros textuais

Por: Professora Andréa Baro

O projeto favoreceu a vivência de experiências que propiciaram a solidificaram os conhecimentos significativos através da leitura e da escrita dos gêneros selecionados. Buscamos propiciar aos alunos, momentos de descobertas que contribuíram para sua formação critica, havendo apropriação das práticas de linguagem oral e escrita na medida em que se exercitou e desenvolveu o potencial criativo e criador das crianças, tornando enriquecedora a experiência de comunicar, produzir e difundir pensamentos.

 

5 – Pontes – uma visão geométrica

Por: Professor Wagner Sorates

Despertar nos alunos a curiosidade pela estrutura de pontes espalhadas pelo mundo identificando as formas geométricas utilizadas na construção dessas pontes. Trabalhar as propriedades dos polígonos e mostrar que além da questão estética existe um fundamento geométrico para utilização dessas estruturas. Construir com grupos de alunos maquetes das pontes pesquisadas e realizar testes nas estruturas.
Trabalho realizado com alunos dos 7° anos de 2017 .

 

6 – O livro paradidático: Um universo de novas possibilidades

Por: Professora Patrícia Corradini Prado, Professora Daniele da Silva Arsoli e Professora Denise do Nascimento Parra Miranda

Realizamos com nossos alunos dois projetos, baseado em dois livros. A partir da leitura do livro “Cidadão do planeta azul” os alunos desenvolveram uma campanha de conscientização da importância do lixo na vida de todos e preservação do meio ambiente. Promoveram também uma ação para sobre o desperdício e o consumo desnecessário. A finalização desse projeto foi com a visita do autor do livro. A partir da leitura da segunda obra, “O maior tesouro da humanidade”, os alunos realizaram uma dramatização da história para a autora do livro, após ensaios e apresentações internas.